O que a menina Li consegue captar por aí com a sua Sony...e mais alguns vipes e divagações!

New stuff

Damn!

Até tu, Brutus?!

You wouldn't!!!

Nooooooooooooo

Já chega de cartões, pode...

Bam!

I know nothing and I'm go...

É...

This.

Do Português!

Old (but good) stuff

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Quarta-feira, 15 de Outubro de 2014

Mil e uma coisas por dizer...

Juro! Ao longo do dia tenho mil e uma coisas por dizer, uns quantos posts na cabeça por escrever e quando chega a hora de abrir aqui o estaminé, puff, my mind is blank! De modos que isto vai ficando cheio de teias de aranha e pó, de tão abandonado que anda, pobre blog...

Mas entretanto, eis que urge a defesa da minha margem sul!

Eu, Li, me confesso leitora assídua do blog pipoquiano, sim, a querida pipoca faz-me rir, tem um sarcasmo, excecionalmente, afiado (I likes!), quer tenha muito "conteúdo" aquilo que escreve, serve o seu propósito, que de blogs aborrecidos cheeeeios de temas importantes, já temos muitos, e depois tem uns looks do melhor e que se assemelham àquilo que gosto de usar, portanto, uma série de pontos para ela! Mas às vezes, e porque não se pode agradar sempre, nem a gregos e a troianos, acho que peca um nadinha pela precipitação dos juízos de valor, sem se informar sobre aquilo de que escreve. E vem-me logo à memória, o episódio infeliz com a miúda levada pela Make a Wish a concretizar o sonho de ir aos Óscares (ou algo do género, já não me lembro bem). Neste caso, falo da notícia de que o presidente da junta de Fernão Ferro, emitiu um comunicado aos trabalhadores, exigindo ser tratado por "Senhor Presidente", ou, na pior das hipóteses, por "Presidente". Confesso que, lido assim, eu também mandava uma chalaça ou outra, já que acho que isto dos doutores são os médicos! Inclusivé, se me ligam para à empresa e me trata por Dra. X, eu própria acrescento, sem exceção, "é X, só, por favor!", que isto de ter uma licenciatura, só quer dizer que andei pelas borgas académicas, li uns quantos calhamaços de livros, e fiz os meus pais gastarem € comigo durante mais uns anos! Mas achei que aí havia rato, e fui ler a notícia completa! Não me surpreendi quando a li na íntegra, e devo dizer que, embora com total desconhecimento de causa (juro que não conheço ninguém que trabalhe na junta de FF, nem sei como é o ambiente de lá), acredito que quando as pessoas se conhecem, tendem a relaxar demais e, muitas vezes, esquecem-se que estão no local de trabalho e esse é para ser respeitado. Se o comunicado foi excessivo e prepotente? Se não houve uma conversa, um aviso, qualquer coisa que o valha antes para remediar o, suposto, desleixo dos funcionários, sim, talvez tenha sido. Mas não sabemos! E pior seria, vermos uma notícia em que o título era " Presidente da Junta de Freguesia de Fernão Ferro, passa mais tempo no café e nos supermercados da Rua Luís de Camões, com os funcionários, e ainda a receber a roupa da lavandaria no escritório, do que a exercer as suas funções."

Posto isto, eu não gostava que acontecesse na minha empresa, por sistema, situações relatadas neste excerto da notícia do DN. Atenção que eu disse e sublinho, por sistema!!

 

"As pausas consagradas na Lei, devem ser utilizadas para o fim a que se destinam, e não para ir às compras ao supermercado na Rua Luís de Camões". E ainda. "Não devem, após efetuar o registo de entrada às 9.30, sair às 9.31h para ir beber café com maridos, primos ou tios". Além disso, os funcionários "não devem receber a roupa da engomadoria no período de serviço", mas também "não devem trazer familiares para a zona reservada dos serviços, ou promover o encontro de familiares/amigos no horário de trabalho para conversas no hall de entrada da secretaria".


Ela é que sabe, a Li às 11:54

link do post | Diga lá de sua justiça | favorito

Who's this chick anyway?

Pesquisar

 

Julho 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
27
28
29
30
31


Tags

todas as tags

Coisas mais lindas

Bom dia

blogs SAPO

subscrever feeds